Motorista da OMS que transportava amostra de coronavírus da China é executado

O funcionário da OMS, Pyae Sone Win Maung, dirigia o carro que transportava os testes de coronavírus do estado de Rakhine, em Mianmar. O carro foi alvejado e o motorista não resistiu. Outro funcionário foi ferido.

Segundo nota das Nações Unidas, as amostras seriam transportadas para Yangon, em apoio ao Ministério da Saúde.

Uma declaração conjunta, incluindo os grupos Save the Children e Oxfam, fez um apelo por um cessar fogo global.

O porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, também divulgou um comunicado dizendo que o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, “condenou fortemente o ataque” e pediu que os autores fossem levados à justiça.

O conflito entre tropas do governo e rebeldes armados do Exército de Arakan, que deseja maior autonomia para a região oeste de Mianmar, está em ruínas há mais de um ano, mas a violência se intensificou recentemente.

Aljazeera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: