Ex feminista estimula persuasão e desrespeita policiais

A ex feminista convocou, a mando de Olavo de Carvalho, um acampamento em meio a quarentena, oferecendo treinamento ativista que recebeu do grupo feminista radical Femen, na Ucrânia.

Ela foi em uma reunião na Secretaria de Segurança do Distrito Federal e pede que as pessoas não confiem nos Policiais Militares do DF, sejam eles civis ou agentes estatais.

Ela segue afirmando que os militares estão “cagando para o povo brasileiro” (sic) e diz que mandou o agente enfiar a deselegância no “cu”.

A Polícia proibiu barracas e faixas, bem como a ocupação do Congresso Nacional. E avisa: é hora de coerção (ato de induzir, pressionar ou compelir alguém a fazer algo pela força, intimidação ou ameaça, segundo Dicionário da Língua Portuguesa) familiares e militares.

Alexandre Frota solicitou investigação:

A ex-feminista tem um longo histórico de desacato as autoridades militares:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: