Advogado de Bolsonaro associa atentado a partido político

Em entrevista na Band, o advogado Frederick Wassef, fez novas revelaçõe sobre o caso Adelio Bispo.

Ele diz que para encerrar o inquérito em 30 dias, realizaram o trabalho em 22 dias e ele acredita que seria impossível tal investigação. Para ele, a Polícia Federal não investigou e encerrou o caso.

O interesse seria dar um resultado rápido e não alcançar êxito no caso.

O Delegado da PF, Rodrigo Moraes Fernandes, chefiou uma secretaria para Fernando Pimental, governador do PT, sendo condecorando com a medalha Tiradentes. Ele também integrou o governo Dilma.

O Delegado de Belo Horizonte, que conduziu as investigações, seria braço direito de Pimentel.

Wassef, recebeu uma denúncia, a pessoa teria afirmado que quem está por trás do atentato foi o PT (Partido dos Trabalhadores) e foi encomendando e houve pagamento.

Assista a entrevista:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: