Ítalo Marsili implora nas redes para que seguidores peçam a Bolsonaro o cargo de ministro

O pseudo coach é conhecido por ser seguidor assíduo de Olavo de Carvalho e disseminar ódio nas redes sociais. Veja

Ítalo ganhou fama como olavete e com sua disseminação de ódio gratuito nas redes sociais. No começo do ano, se envolveu em uma grande polêmica ao inventar uma falsa cura para pedofilia, o discurso foi amplamente contestado por profissionais. Entre as falas ele afirmou que:

Anúncios


• O pedófilo abusava da filha;
• Que o pedófilo procura ajuda quando é flagrado ou a mãe descobriu, ou quando está preso, que NUNCA é uma demanda interior;
• Ele tinha um caso, onde o sujeito era pedófilo e nunca tinha “executado” o crime, mas ele (Ítalo) sabia que em um momento o paciente iria fazer;
• O tal paciente tinha centenas de material pornográfico infantil no HD;
• O paciente já tinha tocado numa criança ou outra;
• O cara (paciente) tem prazer com figuras infantis, Ítalo afirma: VOU FAZER COM QUE ELE EXPERIMENTE DE FATO O PRAZER COM FIGURA INFANTIL que não seja uma criança. Existe mulher que não tem peito, não tem bunda, mas tem cara de criança;
• Para ele, esse é o ponto da psicologia e psiquiatria: ajuste;
• Ele (Ítalo) diz: escolhi garotas de programas com ele, que pareciam crianças mas não era;
• Ele (paciente) conseguia ter prazer com a mulher (prostituta);
• Segundo Ítalo: teve progressão, uma vez que escolhiam uma garota de programa que tinha um “peitinho, ou uma bundinha”;
• Para ele, pedofilia é só apetite sexual, dá para mudar;
• O paciente conseguiu apagar a pornografia infantil, o desejo por criança sumiu;
• O cara (paciente) gostou de comer putas, não vai preso por isso – comer puta a gente resolve. Assista:

Na época, internautas cobraram ações da Associação Brasileira de Psiquiatria e do Conselho Federal de Medicina, pois surgiu boatos que o médico não teria concluído a especialidade médica que atua.

Ele também costuma tratar com arrogância pessoas que já estão em sofrimento emocional, despreza a formação em psicologia em suas redes sociais:

O profissional, Cláudio R. Garcia, aponta as incoerência do “doc”:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: