Steve Bannon, queridinho de bolsonaristas, é preso por fraudar US$ 25 milhões

Por Luciana O Garcia

O dinheiro havia sido recolhido para a campanha do muro na fronteira dos Estados Unidos e México, promessa de campanha de Trump.

Bannon é considerado mundialmente o grande guru direitista, foi conselheiro da Casa Branca e também de Donald Trump. Ele foi indiciado por fraude na campanha chamada “We Build the Wall” (nós construímos o muro).

Ele e outros três sócios foram presos por fraude em Nova York. Bannon teria embolsado um milhão de dólares.

A TV norte-americana NBC afirmou que a acusação mostra que parte do valor doado para campanha foi usado para cobrir despesas pessoais.

Segundo a rede de televisão norte-americana NBC, a acusação é de que o ex-estrategista de Trump teria recebido um milhão de dólares e usado parte do valor para cobrir despesas pessoais.

Ele é “adorado” pela família Bolsonaro e pelo guru brasileiro, Olavo de Carvalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: