Dia das crianças acende o alerta para o combate à pedofilia

Diversos casos de pedofilia estão sendo denunciados, expostos e criminalizados, mas ainda falta apoio a vítima.

Diversas ações estão sendo tomadas pela Frente Nacional de Combate a Pedofilia, incluindo relatos, denúncias e orientação a vítimas que desejam denunciar e encaminhamento para atendimento psicológico gratuito.

Ainda assim, falta apoio e mais divulgação da causa.

Leia: matérias contra a pedofilia

Somente esse ano, diversos pedófilos foram presos no Brasil, como Syllas que fez mais de sessenta vítimas, Luciano Ayan (do MBL) que tinha posse de pornografia infantil, o alemão que mantinha um estúdio de pornografia no Rio de Janeiro, o analista de sistemas, o tio que engravidou uma menina de dez anos no Espírito Santo, dois pedófilos presos por estupro no Sul, um pastor que sequestrou e estuprou uma criança de nove anos em São Paulo, o pedófilo de Brasília que mantinha pornografia infantil e o recente caso do pedófilo que foi solto após pagar fiança (em Santos).

Ideia Legislativa precisa de votos para tornar a pedofilia um crime inafiançável

Registrada no Senado Federal, a ideia precisa alcançar 20 mil votos até os primeiros dias de dezembro para ser discutida pelos parlamentares e poder se tornar uma lei.

Nos dias atuais pedófilos como o arquiteto de Santos podem pagar uma fiança e serem liberados para continuar fazendo mais vítimas.

CLIQUE PARA VOTAR NA IDEIA LEGISLATIVA

Manifesto contra Pedofilia

Um manifesto foi feito por psicólogos e foi enviado a diversos políticos, sem respostas. No entanto, as pessoas continuam a assinar e se opor contra a pedofilia e contra a tentativa de romantiza-la.

CLIQUE PARA ASSINAR O MANIFESTO

Pesquisa psicológica que quer comprovar o dano sofrido pela vítima

Uma das tentativas dos defensores de pedofilia é minimizar publicamente os danos sofridos pelas vítimas de pedofilia, defendendo que pedófilos também sofrem e equiparando o sofrimento para reduzir ações penais severas contra os criminosos.

A pesquisa aborda tanto danos psicológicos, como mapeia a idade, o apoio recebido ao relatar o abuso sexual infantil e como a pedofilia afetou a vida da vítima até nos dias atuais.

CLIQUE PARA PARTICIPAR DA PESQUISA, CASO TENHA SIDO VÍTIMA DE PEDOFILIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: