BRUTAL: Italiana foi estuprada e morta. Seu corpo estava escondido no freezer

O crime aconteceu na região de Santo Domingo, Capital da República Dominicana, onde viver por cerca de dez anos.

Claudia Lepore, de 59 anos, foi amordaçada, amarrada e estuprada antes de ser assassinada, seu corpo foi encontrado dentro de um freezer, a polícia não descarta a possibilidade da causa da morte ter sido congelamento. A abertura do compartimento estava bloqueado por uma escada, ela estava lá a pelo menos três dias.

Ela tinha um negócio com uma ex amiga desde 2009, na cidade onde foi assassinada, mas decidiu abandonar e seguir um novo caminho regressando definitivamente para Itália. Precisou voltar ao local para resolver algumas pendências e foi brutalmente assassinada.

Segundo a Direcção Central de Investigações Criminais (Dicrim) da Polícia Nacional, o assassino, Antonio Lantigua, 46 anos, conhecido como “El Chinò”, que trabalhava na hotelaria na zona turística de Bávaro e Punta Cana, foi preso após se entregar espontaneamente, em primeiro momento a suspeita era que a razão do assassinato seria a cobrança de dividas, mas o criminoso confessou que foi pago pela ex amiga de Lepore, Ilaria Benati, para assassiná-la.

O criminoso recebeu 200 mil pesos, o equivalente a três mil euros e a 19.950,00 reais.

Ilaria foi a primeira a acionar a polícia para denunciar o desaparecimento de Lepore, ela nega as acusações e diz ser inocente, segundo ela o assassino na verdade passou uma “mensagem” com a acusação, para ela pagar ou ser assassinada também.

Anúncios

A irmã da vítima, Anna Lepore, declarou: “nos falamos no dia dez de janeiro por chamada de vídeo, era meu aniversário. Ela mostrou a casa nova, estava bem feliz, fazia apenas um mês que ela estava morando na casa que ela construiu e no terreno que ela comprou. Um amigo relatou que ela e Ilaria discutiam com muita frequência e que causava medo. Prometi ligar novamente para ela, agora é tarde demais.”

O corpo da vítima foi enviado para o Instituto Nacional de Ciências Forenses (Inacif) de San Pedro de Macorís, para dar contituinidade as investigações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: