Agência Europeia de Medicamentos concluiu que a vacina de Oxford é ‘segura e eficaz’

Uma revisão do órgão regulador de medicamentos da UE concluiu que a vacina Oxford-AstraZeneca Covid-19 é “segura e eficaz”. Suspensão da vacina da AstraZeneca é procedimento de rotina e corrobora que o sistema de vigilância funciona e que controles eficazes estão em vigor.

Segundo a CNN News, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) concluiu a investigação iniciada depois que 13 estados da UE suspenderam o uso da vacina por temor de uma ligação com coágulos sanguíneos. Uma revisão do órgão regulador de medicamentos da UE descobriu que a vacina não está associada a um risco maior de coágulos e concluiu que a vacina Oxford-AstraZeneca Covid-19 é “segura e eficaz”.

Cabe a cada estado da UE decidir se e quando recomeçar a vacinação com a vacina AstraZeneca. A Itália já anunciou que retomará a vacinação nesta sexta-feira (19).

A investigação da agência se concentrou em um pequeno número de casos de trombose venosa cerebral – coágulos sanguíneos na cabeça. Importante destacar que suspensões, pausas e outras ações quando há notificação de eventos adversos após a imunização são parte da rotina do monitoramento de imunizantes.

Quando a suspensão ocorre, não significa que há relação entre o evento e a vacina. Dois acontecimentos simultâneos não necessariamente podem ter uma relação de causa e consequência entre si.

O que o EMA disse exatamente?

Emer Cooke, diretora executiva da agência, disse em uma entrevista coletiva em Amsterdã: “Esta é uma vacina segura e eficaz. Seus benefícios em proteger as pessoas da Covid-19 com os riscos associados de morte e hospitalização superam os possíveis riscos.”

O comitê de especialistas da EMA em segurança de medicamentos, concluiu que “a vacina não está associada a um aumento no risco geral de … coágulos sanguíneos“, disse Cooke. Mas a EMA, acrescentou ela, não pode descartar definitivamente uma ligação entre a vacina e um “pequeno número de casos de distúrbios de coagulação raros e incomuns, mas muito graves“. Investigações adicionais estão sendo iniciadas, acrescentou a Sra. Cooke.

Se fosse eu, seria vacinada amanhã“, acrescentou a Sra. Cooke. “Mas eu gostaria de saber se alguma coisa me acontecesse após a vacinação, o que eu deveria fazer a respeito e é isso que estamos dizendo hoje.”

O que disse a AstraZeneca?

A empresa diz que não há evidências de um aumento do risco de coagulação devido à vacina.

Informou que receberam 37 relatos de coágulos sanguíneos em mais de 17 milhões de pessoas vacinadas na UE e no Reino Unido até 8 de março.

Esses números foram “muito mais baixos do que seria esperado que ocorressem naturalmente em uma população geral desse tamanho e são semelhantes em outras vacinas Covid-19 licenciadas“, disse o relatório da empresa.

O professor Andrew Pollard, diretor do grupo de vacinas de Oxford que desenvolveu o jab Oxford-AstraZeneca, disse à BBC na segunda-feira (15) que havia “evidências muito reconfortantes de que não há aumento no fenômeno do coágulo sanguíneo aqui no Reino Unido, onde a maioria das doses na Europa [foram] dadas até agora“.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: