Madrasta usa celular do pai para ofender enteado e dispara: “criança suja”

A mãe, Katellyn, utilizou as redes sociais para relatar o ocorrido

Uma mulher casada com pai de Theo, utilizou o Whatsapp para proferir impropérios contra o bebe e contra a mãe.

Nas mensagens a madrasta afirma que tanto o pai quanto a família paterna não gostam da criança e exige um teste de DNA para que a criança entre na casa dela (onde reside com o pai do garoto).

A Katellyn relata em sua publicação que foi casado com o pai de Theo e até agosto de 2021 ele era presente na vida do filho, porém após o novo relacionamento a situação mudou. Além da madrasta acusá-lo de não ser filho do seu genitor ainda chama a criança de suja, torce para que não pareça com a família paterna e afirma para a mãe não afirmar que o bebe parece com a irmã, filha da ofensora com o genitor do bebe. E ela afirma:

“Ninguém nunca gostou do seu filho. E eu ouvi isso”

No perfil do Facebook Katellyn relata que o ocorrido e não faz questão da convivência e afirma que não tem condições de custear o exame solicitado pela madrastra ofensora.


Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: